Todos os posts de Geografia Onne

Estamos de volta!

Estamos de volta!

Por conta de diversos compromissos pessoais de nossos colaboradores, bem como a intertemporada sigilosa de nossa equipe, nosso blog andou meio “paradão” ultimamente.

Mas estamos de volta!

Nossa equipe também cresceu, fortalecemos ainda mais laços que já eram sólidos e juntos estamos preparando conteúdo informativo atualizado aliado a um corpo completo e funcional.

Por isto pedimos a paciência de vocês, leitores, por eventuais falhas que encontrem nos próximos dias.

Nossos leitores e amigos não podem ficar sem matéria, e iremos fazer um esforço para que esta parada não se repita mais.

Parece uma decisão simples, mas não é: as caixas de correio eletrônico dos nossos colaboradores estão hoje saturadas de informação. Uma nova newsletter pode muito facilmente transformar-se em apenas mais uma newsletter. E nós não pretendemos oferecer mais do mesmo.

Parece-nos que a diferenciação se faz naquilo que se acrescenta ao que todos já sabem e que tanto pode ser informação nova como um novo olhar sobre velhas realidades. Neste regresso queremos dar-lhes um pouco de ambos.

Agradecemos à todos que se manifestaram e pediram o retorno, bem como aos que chamaram para si a responsabilidade de manter o “coração batendo” e também aos leitores ávidos por mais conhecimento.

Atitudes como esta nos faz sempre acreditar que estamos no caminho certo. Os elogios e as críticas fazem parte do processo de aprendizado de qualquer ser humano e, nós, meros mortais, estamos sujeitos a isso.

Ficamos muito felizes por ver que o blog está em boas mãos e que muitos entenderam o quão difícil é a responsabilidade de partilhar informações; porém, talvez esta seja a forma mais eficiente de se acelerar o aprendizado.

A satisfação de ver a participação de todos com suas visões faz com que o crescimento seja coletivo; é só isso o que buscamos desde sempre.

Por isso, aí vai um aviso aos navegantes: estamos de volta!

 

A Equipe e colaboradores do Geografia Onne.

‘Duende’, o objeto descoberto nos confins do Sistema Solar que aponta para a existência do ‘Planeta X’

'Duende', ou 'Goblin', é considerado um indicador da existência do hipotético 'Planeta X'
‘Duende’, ou ‘Goblin’, é considerado um indicador da existência do hipotético ‘Planeta X’

 

Cientistas encontraram novas evidências de que o nono planeta do Sistema Solar, que há anos eles buscam identificar, pode de fato existir.

A órbita do planeta-anão “2015 TG387” ou o “Duende”, cuja descoberta foi anunciada terça-feira pelo Centro de Planetas Pequenos da União Astronômica Internacional, pode ser a chave para se chegar ao chamado “Planeta 9” ou “Planeta X”, que ficaria muito depois de Plutão (que, aliás, deixou de ser considerado um planeta em 2006 e foi reclassificado como planeta-anão).

O anúncio foi feito após três anos de pesquisa com a ajuda do telescópio japonês Subaru, localizado no Havaí, nos Estados Unidos.

E revela que a órbita do novo objeto, que está muito longe do Sol, sustenta a ideia da existência de um planeta ainda mais distante e maior, uma “superterra”.

Planeta X, um gigante no radar

Os cientistas afirmam que o “Duende” seria um pequeno indicador da presença do hipotético “Planeta X”, um gigante que eles acreditam existir nos confins do Sistema Solar.

Mas por que um objeto-anão funciona como sinalizador da existência de um corpo celeste imenso?

Nasa

Objetos estariam para além de Plutão, que a União Astronômica Internacional deixou de considerar planeta em 2006

O estudo que localizou o pequeno planeta de cerca de 300 km de diâmetro ficou a cargo do Instituto Carnegie para a Ciência, da Universidade do Norte do Arizona e da Universidade do Havaí.

O Duende – ou Goblin, em inglês – está 2,3 mil vezes mais distante do Sol do que a Terra e aproximadamente duas vezes e meia mais longe do que Plutão está do Sol.

Como resultado, o planeta-anão leva mais de 40 mil anos para dar uma volta ao redor do nosso astro.

E os cientistas estimam que sua lentidão pode se dever à “proximidade” de outro corpo muito maior que ele.

Influência

O Duende é um dos poucos objetos conhecidos que nunca chegam perto o suficiente dos planetas gigantes do Sistema Solar, como Netuno e Júpiter, para ter interações gravitacionais significativas com eles.

Sua longa órbita, como a de outros dois objetos parecidos descobertos em 2014, parece estar influenciada pela gravidade de um outro objeto, que pode ser 10 vezes maior que a Terra.

Reuters

O Planeta 9 é descrito como uma ‘superterra’ que está para além da órbita de Plutão

Este objeto supermassivo seria o chamado “Planeta X” ou “Planeta 9”.

Os cientistas descobriram o Duende, inclusive, enquanto estavam em busca desse planeta.

Objetos distantes

Segundo o Instituto Carnegie, a pesquisa que resultou na descoberta é “a maior e mais profunda já realizada em objetos distantes do Sistema Solar”.

“Esses objetos distantes (como o Duende) são como as migalhas de pão que nos levam ao Planeta X”, disse o chefe do estudo, Scott Sheppard, da Carnegie, em um comunicado.

“Quanto mais pudermos encontrar, melhor poderemos entender o Sistema Solar externo e o possível planeta que acreditamos estar moldando suas órbitas”, acrescentou.

Sheppard afirma que “essas descobertas redefiniriam nosso conhecimento da evolução do Sistema Solar”.

O astrônomo David Tholen, da Universidade do Havaí, complementa: “Achamos que poderia haver milhares de pequenos corpos como o TG387 2015 nas margens do Sistema Solar, mas a distância deles torna muito difícil encontrá-los”.

 

© Copyright Clube de Astronomia Órion / Prof. Henrique D. F. Souza / UOL / Roberto Candanosa / Scott Sheppard / Carnegie

AO VIVO: Eclipse Lunar Total de 27 de julho de 2018

ao vivo eclipse lunar julho 2018

Venha assistir ao eclipse lunar ao vivo, com imagens em tempo real de um observatório astronômico

Finalmente chegou o dia tão esperado. Hoje acontece o Eclipse Lunar Total mais longo do século, e mesmo que o tempo esteja nublado, você ainda poderá acompanhar tudo ao vivo, aqui em nosso site!

O Eclipse Lunar dessa sexta-feira, 27 de julho de 2018, terá início às 14h14 pelo horário de Brasília (BRT). Nesse horário, a Lua ainda estará abaixo do horizonte para todos que estiverem em território brasileiro.

O ápice do eclipse lunar acontecerá às 17h21 BRT, sendo que sua totalidade, ou seja, o momento em que a Lua ganha o famoso tom avermelhado, ocorrerá das 16h30 até às 18h13 BRT.

No Brasil o Eclipse Lunar Total poderá ser vistos em toda a costa leste do país logo após o pôr do Sol. Quem deseja observar pessoalmente, como do quintal de casa por exemplo, terá que dispor de uma visão plena do horizonte leste, que é onde a Lua irá nascer já eclipsada.

visibilidade do eclipse lunar de 27 de julho 2018
Mapa de visibilidade do eclipse lunar total de 27 de julho de 2018.
Créditos: Piruliton / Wikimedia Commons / divulgação

Continuar lendo AO VIVO: Eclipse Lunar Total de 27 de julho de 2018

Atualidades que podem cair no Enem e no Vestibular 2018

images_landing_page_389982_quiz-atualidades-ucpel

Para prestar qualquer tipo de concurso é preciso estar bem informado.

Mas com tanta coisa para estudar nem sempre você consegue tempo para acompanhar as notícias. Por isso, selecionamos as atualidades do Brasil e do mundo que, com certeza, estarão presentes em alguma questão do Enem ou do vestibular, ou mesmo como tema de redação.

Atualidades no Brasil

1. Reforma trabalhista

Reforma trabalhista

No dia 11 de novembro de 2017 entrou em vigor a reforma trabalhista, cujo projeto de lei havia sido sancionado em julho pelo presidente Temer. As principais alterações consideram que:

  • Férias: podem ser divididas em até 3 vezes (antes havia a possibilidade de serem divididas em até 2 vezes)
  • Jornada de trabalho: até 12 horas diárias (antes, 8)
  • Grávidas e lactantes: podem trabalhar em locais que apresentem graus médio e leve de insalubridade (antes estavam proibidas dessa condição)
  • Tempo de deslocação: o tempo gasto para chegar ao trabalho por aqueles que têm dificuldades com meios de transporte em decorrência da falta de acesso não é contado como hora de trabalho (antes era).

Vulcão Kilaeua, no Havaí, tem erupção explosiva no cume

Defesa civil avisou que fumaça pode atrapalhar visibilidade na região.

Imagem do Serviço Geológico americano mostra fumaça sobre o Kilauea nesta quinta (Foto: Reprodução/Twitter/USGS_volcanoes)
Imagem do Serviço Geológico americano mostra fumaça sobre o Kilauea nesta quinta (Foto: Reprodução/Twitter/USGS_volcanoes)

O vulcão Kilaeua, no Havaí, teve uma erupção explosiva em seu cume, lançando uma coluna de fumaça para o alto na manhã desta quinta-feira (17), pela hora local. A defesa civil local advertiu que a fumaça irá cobrir a área ao redor da montanha e que motoristas que sejam surpreendidos pelas cinzas devem parar seus veículos e esperar que a visibilidade melhore.

Nesta quarta, o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) havia elevado para alerta vermelho o nível de erupção do vulcão, que na última semana provocou a retirada de centenas de pessoas de seus lares.

Um nível de alerta vermelho significa que “uma grande erupção vulcânica é iminente, está acontecendo ou se presume”.

Coreia do Norte diz que não vai conversar com ‘incompetente’ Sul a menos que diferenças sejam resolvidas

Pyongyang, que vinha se aproximando de Seul e Washington, adotou mudança drástica de discurso esta semana citando como motivo treino militar conjunto de americanos e sul-coreanos

1515467044_666966_1515467302_noticia_normal_recorte1
Chefe da delegação norte-coreana, Ri Son Gwon (esquerda) aperta a mão de seu homólogo sul-coreano Cho Myoung-gyon durante a reunião na área desmilitarizada de Panmunjom, em janeiro (Foto: Yonhap via REUTERS)

O principal negociador da Coreia do Norte chamou nesta quinta-feira (17) o governo sul-coreano de “ignorante e incompetente”, denunciou os exercícios aéreos realizados por Coreia do Sul e Estados Unidos, e ameaçou interromper todas as negociações com o vizinho do sul a menos que suas exigências sejam atendidas.

Os comentários de Ri Son Gwon, presidente do norte-coreano Comitê para Reunificação Pacífica, foram os mais recentes em uma série de declarações inflamadas marcando uma mudança drástica de tom após meses de alívio das tensões, com planos de desnuclearização e uma cúpula marcada com os Estados Unidos.

Ri criticou o Sul por participar dos exercícios militares, bem como por permitir que “escória humana” falasse em sua Assembleia Nacional, segundo a agência de notícias norte-coreana KCNA.

“A menos que a grave situação que levou à suspensão das negociações de alto nível entre norte e sul seja resolvida, nunca será fácil sentar-se frente a frente novamente com o atual regime da Coreia do sul”, disse o comunicado, sem dar detalhes.

Cientistas advertem para risco de erupção em grande escala de vulcão no Havaí

 Níveis de lava dentro da cratera estão diminuindo, o que poderia ser o prelúdio de uma grande erupção. Vulcão Kilauea está em atividade há vários dias.

Governo do Havaí alerta para retirada em massa por conta da erupção do vulcão Kilauea
Foto do dia 9 de maio mostra lava do vulcão Kilauea na área de East Rift Zone, no Havaí (Foto: Cindy Ellen Russell/Honolulu Star-Advertiser via AP)

Governo do Havaí alerta para retirada em massa por conta da erupção do vulcão Kilauea

Cientistas alertaram nesta sexta-feira (11) para o risco de uma erupção em grande escala do vulcão Kilauea do Havaí, que está em atividade há vários dias.

A erupção começou na semana passada no arquipélago americano e agora está ainda mais intensa, informou o Serviço de Parques Nacionais, que nesta sexta decidiu fechar o parque em que se localiza o vulcão.

Parque nacional do Havaí fecha com medo de erupção vulcânica
Parque nacional do Havaí fecha com medo de erupção vulcânica “explosiva”

 

De acordo com os cientistas, os níveis de lava dentro da cratera estão diminuindo, o que poderia ser o prelúdio de uma grande erupção, afirmou a geofísica Ingrid Johanson, do Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS), ao jornal Los Angeles Times.

O cientista Donald Swanson, também da USGS, disse que a água poderia começar a mesclar-se com o magma e gerar vapor. E se o vapor provocar um aumento da pressão, “isto pode provocar repentinamente uma explosão”.

Continuar lendo Cientistas advertem para risco de erupção em grande escala de vulcão no Havaí