Arquivo da categoria: Fenômenos Naturais

Governo do Chile declara estado de exceção após erupção de vulcão Calbuco

 Crianças observam erupção do vulcão Calbuco, em 22 de abril Foto: Carlos F. Gutierrez / AP
Crianças observam erupção do vulcão Calbuco, em 22 de abril
Foto: Carlos F. Gutierrez / AP

O governo chileno decretou estado de excepção em cidades próximas ao vulcão Calbuco, no sul do país, que entrou em repentina e violenta erupção nesta quarta-feira.

“Decretamos estado de exceção por catástrofe na província de LLanquihue e na comuna de Puerto Octay”, o que significa que as Forças Armadas assumiram o controle nestas localidades, disse o ministro do Interior, Rodrigo Peñailillo.Localizado na região dos lagos chilenos, o vulcão Calbuco entrou em erupção por quase 90 minutos, levando o governo a decretar alerta vermelho e a determinar a evacuação de povoados no entorno da montanha.

A erupção teve um nível de 4-5 em uma escala que vai até 8, informou Peñailillo, destacando que até o momento não há informação “sobre feridos ou desaparecidos”.

 

Continuar lendo Governo do Chile declara estado de exceção após erupção de vulcão Calbuco

Erupção de vulcão chileno gera alerta vermelho e ordem de evacuação

Alerta vale para zona de 10 km ao redor da cratera do Calbuco.
Vulcão fica no sul do país, na região dos lagos chilenos.

Fumaça e cinzas do vulcão Calbuco surgem no céu visto da cidade de Puerto Montt, no Chile. O vulcão Calbuco, no sul do país, entrou em erupção pela primeira vez em mais de cinco décadas nesta quarta-feira (22) (Foto: Rafael Arenas/Reuters)
Fumaça e cinzas do vulcão Calbuco surgem no céu visto da cidade de Puerto Montt, no Chile. O vulcão Calbuco, no sul do país, entrou em erupção pela primeira vez em mais de cinco décadas nesta quarta-feira (22) (Foto: Rafael Arenas/Reuters)

O vulcão chileno Calbuco entrou em erupção nesta quarta-feira (22) e expeliu uma potente coluna de cinzas de vários quilômetros de altura, o que não acontecia há quase 50 anos, provocando o isolamento das cidades mais próximas.

Ele está localizado na turística região dos Lagos, 900 quilômetros ao sul de Santiago, e sua atividade ocorre no mesmo momento em que outro vulcão no país, o Villarica, também está em fase de erupção.

Continuar lendo Erupção de vulcão chileno gera alerta vermelho e ordem de evacuação

Chuva de meteoros promete espetáculo no céu nesta madrugada

A chuva de meteoros acontece quando a Terra cruza a órbita de algum cometa, fazendo com que pequenos fragmentos deste corpo celeste saiam de sua rota já traçada e penetrem a atmosfera terrestre

O fenômeno atingirá o ápice entre a noite desta quarta-feira, 22, e o início da madrugada de quinta-feira, 23. Foto: Jorge Guerrero/ AFP

Para quem gosta de apreciar uma “estrela cadente” e fazer aquele pedido, talvez essa seja uma grande oportunidade.

Segundo a NASA, uma chuva de meteoros está prevista para abrilhantar o céu de várias partes do planeta, incluindo o Brasil. O fenômeno atingirá o ápice entre a noite desta quarta-feira, 22, e o início da madrugada de quinta-feira, 23.
A chuva de meteoros, também chamada de Líriadas, já que ela irradia da constelação de Lira, poderá ser vista depois da meia noite desta quinta-feira de qualquer parte do Brasil.

Segundo a Nasa, são esperados 10 a 20 meteoros atingindo a terra a cada hora. No entanto, o fenômeno só poderá ser visto se o céu não estiver encoberto e distantes de luzes artificiais urbanas.

Meteoro

A chuva de meteoros acontece quando a Terra cruza a órbita de algum cometa, fazendo com que pequenos fragmentos deste corpo celeste saiam de sua rota já traçada e penetrem a atmosfera terrestre.

Por isso, sempre observamos aquele risco no céu, conhecido popularmente como “estrela cadente”.

 

© Copyright Clube de Astronomia Órion/ O Povo

Tromba d’água é registrada no Rio Amazonas, em Parintins

Uma tromba d’água foi registrada por um morador de Parintins, a 369 Km de Manaus, na manhã desta terça-feira (21), após chuvas que atingiram a região. De acordo com o meteorologista Ricardo Dallarosa, do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), imagens da tromba d’água serão analisadas. A assessoria da Prefeitura da cidade informou que não houve prejuízos.

Continuar lendo Tromba d’água é registrada no Rio Amazonas, em Parintins

Relembre alguns casos de tornados que atingiram o Brasil

Dia 21: tornado causou detruição em Xanxerê (Foto: Laion Espíndula/G1)Tornado causou detruição em Xanxerê (SC) (Foto: Laion Espíndula/G1)

A formação de tornados, como o que atingiu a cidade de Xanxerê (SC), é considerada rara no Brasil pelos meteorologistas. Mesmo assim, o país sofreu com casos nos últimos anos, alguns com efeito devastador, como o que ocorreu em Taquarituba (SP), em 2013, também deixando 2 mortes, mesmo número de óbitos da cidade do oeste catarinense.

Continuar lendo Relembre alguns casos de tornados que atingiram o Brasil

Inmet confirma tornado também em Ponte Serrada, no Oeste de SC

Meteorologista esclarece que o fenômeno pode ter atingido a escala F1.

Em Xanxerê, tornado deixou dois mortos, 120 feridos e mil desabrigados.

Ônibus tombou pela força dos ventos em Ponte Serrada, no Oeste catarinense (Foto: Rádio Nambá/Divulgação)Ônibus tombou pela força dos ventos em Ponte Serrada (Foto: Rádio Nambá/Divulgação)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirmou na tarde desta terça-feira (21) que a cidade de Ponte Serrada, no Oeste catarinense, também foi atingida por um tornado na segunda-feira (20). O fenômeno na cidade deve ter alcançado 150 km/h, conforme o órgão.

“Pelas imagens de árvores retorcidas e a forma como o ônibus caiu, lateralizado, podemos considerar que um tornado também afetou a região”, confirmou o meteorologista do Inmet de Brasília, Mamedes Luiz Melo.

Telhado de galpão em Ponte Serrada foi completamente danificado (Foto: Rádio Nambá/Divulgação)Telhado de galpão em Ponte Serrada foi completamente danificado (Foto: Rádio Nambá/Divulgação)

O meteorologista esclarece que o fenômeno pode ter atingido a escala F1. O tornado de Ponte Serrada, no entanto, não foi o mesmo fenômeno que atingiu Xanxerê. “São dois tornados diferentes. A nuvem que pairava sobre Ponte Serrada é diferente da de Xanxerê”.

A escala de classificação de tornados começa em 65 km/h e chega a mais de 500 km/h. O F0 é o mais fraco e o F5 é considerado o mais forte. O fenômeno de Xanxerê foi classificado pelo Inmet com danos de fortes a severos, entre F2 e F3 podem ter variado de 100km/h até 330km/h

Formação de tornado
Tornado é um funil que se forma entre a base da nuvem e o solo. Santa Catarina é uma das regiões do país mais favoráveis a formação de nuvens cumulonimbus, as que podem dar origem a tornados, conforme o Inmet. Com a incidência de frentes frias, fenômenos de chuva e não de frio, há mais chances do fenômeno.

 

© Copyright G1