Arquivo da categoria: Coreia do Sul

Coreia do Norte diz que não vai conversar com ‘incompetente’ Sul a menos que diferenças sejam resolvidas

Pyongyang, que vinha se aproximando de Seul e Washington, adotou mudança drástica de discurso esta semana citando como motivo treino militar conjunto de americanos e sul-coreanos

1515467044_666966_1515467302_noticia_normal_recorte1
Chefe da delegação norte-coreana, Ri Son Gwon (esquerda) aperta a mão de seu homólogo sul-coreano Cho Myoung-gyon durante a reunião na área desmilitarizada de Panmunjom, em janeiro (Foto: Yonhap via REUTERS)

O principal negociador da Coreia do Norte chamou nesta quinta-feira (17) o governo sul-coreano de “ignorante e incompetente”, denunciou os exercícios aéreos realizados por Coreia do Sul e Estados Unidos, e ameaçou interromper todas as negociações com o vizinho do sul a menos que suas exigências sejam atendidas.

Os comentários de Ri Son Gwon, presidente do norte-coreano Comitê para Reunificação Pacífica, foram os mais recentes em uma série de declarações inflamadas marcando uma mudança drástica de tom após meses de alívio das tensões, com planos de desnuclearização e uma cúpula marcada com os Estados Unidos.

Ri criticou o Sul por participar dos exercícios militares, bem como por permitir que “escória humana” falasse em sua Assembleia Nacional, segundo a agência de notícias norte-coreana KCNA.

“A menos que a grave situação que levou à suspensão das negociações de alto nível entre norte e sul seja resolvida, nunca será fácil sentar-se frente a frente novamente com o atual regime da Coreia do sul”, disse o comunicado, sem dar detalhes.

Representantes da Coreia do Sul vão à Coreia do Norte para visita histórica

O próprio ditador Kim Jong-un se encontrou com o grupo. Conversas sobre a relação norte-sul e com os Estados Unidos vão durar mais dois dias.

 

São dez representantes do governo sul-coreano – dois deles têm poder de ministro. É a primeira vez desde 2007 que uma delegação do Sul é recebida oficialmente no Norte.

O próprio Kim Jong-un se encontrou com o grupo. Isso jamais havia ocorrido com um representante do Sul desde que o ditador assumiu o poder, em 2011, depois da morte do pai.

As conversas vão durar mais dois dias, tendo como tema não apenas a relação norte-sul, mas também com os Estados Unidos. Imagens do encontro com Kim ainda não foram divulgadas.

No fim de semana, Donald Trump afirmou que aceitou conversar com o norte-coreanos, desde que eles acabem com as armas nucleares.

A resposta veio numa mensagem direta: segundo Pyongyang, insistir em pré-condições é ridículo.

Ainda não está claro se o Norte está se abrindo por resultado das sanções internacionais ou por medo de uma reação militar americana.

Mas, lentamente, a diplomacia parece estar funcionando e reaproximando lados há muito tempo distantes.

 

© Copyright Geografia Onne / G1  / El País