Imagens inéditas revelam que pôr do Sol em Marte é azul

Registros no planeta vermelho foram feitos pelo robô Curiosity, com o auxílio da câmera fotográfica colorida Mastcam

 

O fenômeno pode ocorrer devido a efeito causado por partículas de poeira presentes na atmosfera marciana

O robô Curiosity, da Agência Espacial Americana (Nasa), gravou pela primeira vez com uma câmera colorida uma sequência de quatro imagens do pôr do Sol em Marte, no último 15 de abril, mas divulgada somente neste mês. Bem diferente do que ocorre com a Terra, o planeta vermelho se tinge de azul durante o desaparecimento do astro.

Estudiosos especulam que o fenômeno ocorre devido a efeito causado por partículas de poeira presentes na atmosfera marciana, que permitem a penetração mais eficiente da luz azul do que de outras cores com ondas mais compridas.

O veículo localizado dentro da cratera Gale fez as imagens no período de 6 minutos e 51 segundos, com o auxílio da câmera fotográfica Mastcam, quase mil dias depois da chegada do Curiosity ao planeta. Como o equipamento é apenas um pouco menos sensível à luz azul que o olho humano, as cores foram calibradas para compensar.

 

© Copyright Clube de Astronomia Órion / UOL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s