Além das missões para Marte, NASA quer enviar nave tripulada a um asteroide

Agência espacial quer enviar uma nave a um asteroide próximo da Terra e depois mandá-lo para a Lua. Parece complicado? Mas os cientistas estão bastante animados. Entenda

Fonte da imagem: Shutterstock Além das missões para Marte, NASA quer enviar nave tripulada a um asteroide

Já faz algum tempo que a NASA está planejando missões tripuladas para Marte, começando, inclusive, a construir a nave que realizará esse trabalho. A cada ano, diversas novidades sobre esse assunto são discutidas entre os cientistas espaciais e divulgadas para o mundo.

Com a chegada da sonda Curiosity — em 6 de agosto de 2012 —, a exploração do planeta vermelho se tornou mais concreta e os planos para as viagens até lá estão sendo cada vez mais estudados. “Nossa arquitetura é projetada para a exploração humana de longo prazo do nosso sistema solar, incluindo o objetivo de missões humanas a Marte”, disse William Gerstenmaier, da NASA, durante um evento de ciência espacial.

Mas não é só a viagem para Marte que a NASA tem planejado. A agência tem pesquisado a possibilidade de outra jornada tripulada. Nesta, os cientistas pensam em enviar uma nave para um asteroide e depois mandá-lo para a órbita da Lua. Além disso, a agência pretende montar estações permanentes no sistema solar.

Como assim?

Em um projeto chamado “From Here to Mars”, a agência está focada em missões espaciais intermediárias como passos em direção a viagens espaciais de longa duração. E a viagem a um asteroide próximo da Terra é uma delas, segundo disse Gerstenmaier.

Essa missão consistiria em enviar uma nave tripulada ao asteroide e, depois, através do uso da tecnologia robótica, os cientistas também estão procurando maneiras de lançar o asteroide — ou, eventualmente, um fragmento dele — em uma órbita ao redor da Lua para coletar amostras de lá.

O esquema parece um tanto complicado e talvez pouco válido para muita gente, mas o especialista Gerstenmaier está claramente animado com esse projeto. Ele disse que, embora possa não ser tão chamativo quanto uma expedição tripulada a Marte, esse é o tipo de missão que chama a atenção de crianças e do público geral sobre a exploração espacial e os projetos da NASA.

“Nós vamos pegar um pedaço do sistema solar e desviá-lo ao redor da Lua, inserindo-o em uma órbita retrógrada distante, mas onde nossas equipes podem visitar. Essa ação nos permitirá aprender habilidades e técnicas necessárias para ter a presença humana no sistema solar, o que é bastante inspirador”, disse o cientista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s