Luz poderia durar bilhões de bilhões de anos no universo

Luz poderia durar bilhões de bilhões de anos no universo

Suposição de físico sugere que esse tempo seria registrado em fótons com massa, se eles existissem.
Fonte da imagem: Shutterstock Luz poderia durar bilhões de bilhões de anos no universo

Um feixe de luz poderia, teoricamente, viajar pelo universo para sempre sem acabar. Pelo menos é o que acredita o físico Julian Heeck, que desenvolveu uma suposição em que isso poderia acontecer com fótons massivos. No entanto, por todos os conhecimentos científicos, sabe-se que o fóton — a partícula elementar que cria a luz e outras radiações eletromagnéticas — não tem massa.

Por isso, vale destacar que a afirmação do físico é apenas uma teoria. Para o seu estudo, Julian Heeck imaginou o que aconteceria se os fótons tivessem massa e calculou que, com essa característica, um fóton duraria por pelo menos um quintilhão (ou um bilhão de bilhões) de anos até desaparecer.

Pesquisa

Para determinar a duração mínima da partícula, Heeck pesquisou dados recolhidos pelo satélite COBE da NASA. Com os dados de todos alinhados com o que foi previsto pelo Modelo Padrão da física, mas usando uma massa máxima previamente calculada para fótons, ele foi capaz de determinar o tempo de vida mais curto possível da partícula.

Heeck teve seu trabalho sobre a vida dos fótons publicados no início deste mês na revista Physical Review Letters e afirma que um trabalho mais detalhado deve ser feito. “Um fóton massivo parece loucura e exótico, mas realmente não é”, disse. Ele sugere que, embora possa ser uma curiosidade, vale a pena pesquisar mais sobre eles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s